Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Arion e Cottica manifestam-se contra cobrança de imposto proposta pela Aneel

Arion e Cottica manifestam-se contra cobrança de imposto proposta pela Aneel

por Cristiano Marlon Viteck publicado 30/10/2019 10h10, última modificação 30/10/2019 10h24
Quem gera a própria energia renovável seria taxado
Arion e Cottica manifestam-se contra cobrança de imposto proposta pela Aneel

Arion Nasihgil e Adriano Cottica

 

Em requerimento aprovado na segunda-feira (28), os vereadores rondonenses Arion Nasihgil e Adriano Cottica repudiaram a iniciativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de taxar a geração de energia renovável para os consumidores.

“Na prática, o excedente da energia gerada é injetado na rede de distribuição elétrica, sendo convertido em créditos. Caso aprovada a taxação mencionada, o consumidor que gera energia renovável passará a pagar pelo uso da rede distribuidora e também pelos encargos cobrados na conta de luz, sendo que no modelo atual, a economia na conta de energia é um atrativo para que pessoas e empresas invistam na geração da própria energia”, explicam.

Na avaliação de Arion e Cottica, se a Aneel cobrar pela utilização da rede elétrica dos geradores de energias de fontes renováveis, como solar, hidráulica, eólica ou biomassa, será um grande desestímulo para quem produz energia limpa e renovável, o que é muito comum em nossa região e favorece a proteção ao meio ambiente.

Diante disso, no requerimento os vereadores solicitam aos deputados federais José Carlos Schiavinato e Leandre Dal Ponte que se manifestem de forma contrária à iniciativa da Aneel e empenhem esforços para que a proposta não seja colocada em prática.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA