Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Arion propõe pavimentação asfáltica de todas as ruas do Parque Industrial II

Arion propõe pavimentação asfáltica de todas as ruas do Parque Industrial II

por Cristiano Marlon Viteck publicado 03/12/2019 10h15, última modificação 03/12/2019 10h15
Ruas de pedras irregulares estão com muitos buracos
Arion propõe pavimentação asfáltica de todas as ruas do Parque Industrial II

Arion Nasihgil

 

Na sessão desta segunda-feira (02), o vereador rondonense Arion Nasihgil apresentou duas indicações. A primeira é para que a Prefeitura desenvolva um programa de pavimentação asfáltica de todas as ruas do Parque Industrial II. O objetivo é revitalizar esta região da cidade, que sofre com a precariedade da pavimentação, em sua grande parte, composta por antigas pedras irregulares, com muitos buracos e desníveis.

Arion se coloca à disposição na busca de recursos para as obras junto aos Governos do Paraná e Federal.

Outra indicação é para que a Prefeitura solucione com urgência a infiltração de água que está causando danos à farmácia da unidade de saúde do Loteamento Augusto. “A umidade poderá tornar ineficientes diversos remédios e insumos que exigem um estoque adequado”, alerta.

Já em dois requerimentos, o vereador apresenta pedidos de informações à administração municipal.

Um deles é encaminhado à Secretaria de Saúde, referente aos protocolos de regulação do acesso da atenção ambulatorial das especialidades médicas e dos exames complementares já recebidos e analisados pelo médico regulador. O objetivo é acompanhar o andamento da liberação de consultas e exames após a implementação do mencionado protocolo, instituído através do Decreto Executivo 139/2019, que trouxe requisitos mínimos para que encaminhamentos médicos desta natureza sejam autorizados.

Outro pedido de informações é para a Secretaria de Mobilidade Urbana, com relação às despesas com a aplicação de sinalização horizontal das ruas. Somente neste ano, por exemplo, através do Pregão Presencial 92/2019, houve a licitação de até R$ 128.560,50 para a aquisição de tinta para demarcação viária à base de solvente.

“Muito embora o valor esteja condizente com o preço de mercado destes itens, em contrapartida se denota que a sinalização aplicada possui pouca durabilidade, permanecendo normalmente apenas alguns poucos meses, após os quais as tintas começam a desbotar e até mesmo desaparecer e tornam a sinalização ineficiente”, avalia Arion.

Além de pedir que seja informado qual o valor gasto pela administração municipal desde 1º de janeiro de 2017 com a compra desses materiais, o vereador sugere à Prefeitura que estude a viabilidade da aquisição de laminado elastoplástico para utilização na sinalização viária horizontal, que tem durabilidade superior a três anos e representa um custo-benefício superior.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA