Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Arion questiona Prefeitura sobre funcionamento do “castramóvel”

Arion questiona Prefeitura sobre funcionamento do “castramóvel”

por Cristiano Marlon Viteck publicado 04/02/2020 10h05, última modificação 04/02/2020 10h02
Adquirido há seis meses, veículo ainda não foi utilizado
Arion questiona Prefeitura sobre funcionamento do “castramóvel”

Arion Nasihgil

 

Por meio de requerimento aprovado ontem (03), o vereador rondonense Arion Nasihgil solicita informações da administração municipal sobre o funcionamento do “castramóvel”. O micro-ônibus é equipado para a realização de procedimentos de castração em cães e gatos, especialmente aqueles de rua.

Embora adquirido em processo licitatório em julho do ano passado, no valor de R$ 116 mil, o castramóvel ainda não entrou em funcionamento. “Ele possivelmente encontra-se parado e sem qualquer serventia, em total desrespeito ao dinheiro dos cidadãos e ao constitucional princípio da eficiência da administração pública”, critica o vereador.

Ele cita que, inclusive, o assunto foi tema de reunião, há poucos dias, entre a administração municipal e a ONG Arca de Noé.

Diante disso, Arion solicita informações sobre os motivos do veículo não estar sendo utilizado; se ele já possui os equipamentos necessários e equipe responsável; qual a previsão de iniciar o atendimento e que medidas estão sendo tomadas para que não ele não seja danificado pela ação do tempo.

Ainda em requerimento, ele solicita à Prefeitura informações detalhadas sobre os casos suspeitos e confirmados de dengue no município, bem como das demais doenças transmitidas pelo mosquito “Aedes aegypti”, como o zika vírus e a chikungunya. A planilha a ser enviada ao Poder Legislativo deve conter informações dos casos suspeitos e confirmados dessas doenças nos últimos 12 meses, setorizadas por região; e quais as ações adotadas visando o combate do mosquito transmissor.

Outro requerimento com pedido de informações é sobre as obras de pavimentação asfáltica no bairro Parque dos Ciprestes. Além de apresentar relatório completo sobre o investimento, Arion pede que seja esclarecido como será a pavimentação nos trechos onde já há “meia-rua” asfaltada.

Além disso, em um quarto requerimento, o vereador solicita à Mesa Diretiva da Câmara que as respostas fornecidas por ocasião da apresentação de proposições legislativas sejam disponibilizadas em sua íntegra, juntamente com os documentos que a acompanham, no portal virtual do Sistema de Apoio ao Processo Legislativo, devidamente vinculadas e anexadas à proposição que a originou.

De outra parte, em indicação ele solicita, novamente, que a Secretaria Municipal de Saúde tome providências visando evitar a falta de fraldas infantis e geriátricas para distribuição gratuita na rede municipal. “Recebemos reclamações por parte de rondonenses, que afirmam que é frequente a ausência destes itens para fornecimento gratuito na Farmácia Básica”, alerta.

Em outra indicação Arion propõe a instalação de redutores de velocidade na Rua Nossa Senhora Aparecida, no Jardim Marechal.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA