Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Claudinho pede cumprimento do contrato de permissão de uso da pista de motocross

Claudinho pede cumprimento do contrato de permissão de uso da pista de motocross

por Cristiano Marlon Viteck publicado 12/05/2020 11h10, última modificação 12/05/2020 11h10
Documento foi assinado ainda em agosto do ano passado
Claudinho pede cumprimento do contrato de permissão de uso da pista de motocross

Vereador presidente Claudio Kohler (Claudinho)

 

O vereador presidente da Câmara de Marechal Cândido Rondon, Claudio Kohler (Claudinho), apresentou requerimento nesta segunda-feira (11). Ele solicita cópia do contrato de permissão de uso da Pista de Motocross Deonato Schwab, firmado em 13 de agosto de 2019 entre a Prefeitura e o Rondon Moto Clube.

Conforme o presidente da Casa de Leis, ele foi procurado por integrantes de grupos de motociclismo, que estariam solicitando apoio dele para que a Prefeitura realizasse as melhorias naquele local, as quais estavam previstas no contrato, mas ainda não foram executadas.

A pista está construída em uma área de mais de 22 mil m², pertencente ao Município. Conforme foi divulgado quando da assinatura do contrato de permissão de uso ainda em agosto passado, a pista ficaria sob responsabilidade do Rondon Moto Clube, que em contrapartida deveria zelar pela limpeza e conservação do espaço. A entidade também deveria permitir o uso a todos os motociclistas rondonenses interessados.

Na ocasião, o presidente do Clube, Roberto Carlos Witt (Teti), afirmou que este documento estava sendo aguardado há mais de duas décadas pela entidade, que pretendia, então, aumentar o número de sócios e voltar a realizar eventos de motocross no local.

“Infelizmente, as melhorias aguardadas ainda não teriam sido realizadas. Por isso estamos nos dispondo a colaborar para que o contrato entre o Município e o Rondon Moto Clube seja efetivamente colocado em prática, trazendo os benefícios esperados por todos no momento de sua assinatura”, explica Claudinho.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA