Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Claudinho solicita ao Governo do Estado retomada gradual do comércio no Paraná

Claudinho solicita ao Governo do Estado retomada gradual do comércio no Paraná

por Cristiano Marlon Viteck publicado 07/04/2020 10h55, última modificação 07/04/2020 11h00
Entidades rondonenses temem colapso da economia
Claudinho solicita ao Governo do Estado retomada gradual do comércio no Paraná

Vereador presidente Claudio Kohler (Claudinho)

 

Foi aprovado na sessão de ontem (06) pela Câmara de Marechal Cândido Rondon, requerimento do vereador presidente Claudio Kohler (Claudinho). Ele solicita que o Governo do Estado reveja o posicionamento quanto às medidas de enfrentamento da pandemia do coronavírus.

O objetivo é a reabertura gradativa das atividades comerciais em todo o Paraná a partir desta semana, com a adoção das devidas medidas preventivas, especialmente de higiene e limpeza.

Conforme Claudinho, tanto a classe empresarial quanto os trabalhadores estão sofrendo com os prejuízos causados pela interrupção da maioria das atividades comerciais.

O presidente do Poder Legislativo rondonense concorda que todas as medidas adotadas até aqui foram extremamente necessárias, até porque despertaram a atenção de toda a sociedade na tomada de ações preventivas.

“Porém, é preciso avançar para que outras áreas não sejam duramente castigadas pelos efeitos da pandemia. A manutenção de medidas restritivas e impeditivas, com o fechamento de empresas, lojas e diversos setores da economia estadual está gerando uma onda de desemprego sem precedentes na história recente”, alerta Claudinho.

Na opinião dele, sem emprego e renda, a situação será insustentável já nas próximas semanas. E mesmo que os Governos Federal e Estadual trabalhem para garantir o atendimento na saúde, preservar os empregos e ao mesmo tempo beneficiar os cidadãos através da área social, o vereador defende que é preciso retomar as atividades para evitar o colapso financeiro, tanto da iniciativa privada quanto do próprio setor público.

Claudinho cita que a retomada das atividades comerciais tem sido cobrada por entidades que representam o setor produtivo de Marechal Cândido Rondon.

Em ofício enviado à Câmara de Vereadores, a Associação Comercial e Empresarial do Município (Acimacar) clama pela compreensão e apoio em prol da reabertura do comércio, como forma de garantir empregos. A Acimacar considera que os rondonenses podem sofrer mais com o colapso da economia do que pela pandemia.

O Sindicato Patronal do Comércio Varejista de Marechal Cândido Rondon (Sindicomar), também em ofício à Casa de Leis, demonstra a mesma preocupação. “É imprescindível que o comércio tenha a possibilidade de reabrir gradativamente suas portas, para que desta forma se inicie um processo de retomada da economia”, avalia a entidade.

Manifestações no mesmo sentido também foram encaminhadas ao Poder Legislativo pela Associação Municipal de Suinocultores (AMS) e o Sindicato Rural.

“É preciso rever o posicionamento do Estado do Paraná”, reforça o presidente da Câmara ao avaliar estas demandas.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA