Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Praça de Novo Horizonte pode receber nome do pioneiro Gentil Forlin

Praça de Novo Horizonte pode receber nome do pioneiro Gentil Forlin

por Cristiano Marlon Viteck publicado 06/05/2020 10h15, última modificação 06/05/2020 12h00
Projeto de lei foi apresentado pelo vereador Pedro Rauber
Praça de Novo Horizonte pode receber nome do pioneiro Gentil Forlin

Gentil Favero Forlin: liderança do distrito

 

O vereador rondonense Pedro Rauber apresentou nesta semana o projeto de lei 11/2020. Ele propõe que a praça do distrito de Novo Horizonte seja denominada em homenagem ao pioneiro Gentil Favero Forlin. No projeto, que foi lido e baixado para análise da Comissão de Justiça e Redação do Poder Legislativo, Pedro ainda solicita que seja afixada na praça placa nominativa e instalado busto com nome e imagem do homenageado.

Conforme o vereador, nos mais de 40 anos que Gentil Favero Forlin residiu no distrito de Novo Horizonte, ele desempenhou diversas atividades que fomentaram o desenvolvimento daquela comunidade.

“Pelo seu grande trabalho em prol da coletividade, homenageá-lo denominando a praça do distrito com o seu nome é um ato de reconhecimento a este grande rondonense de coração”, afirma Pedro.

Oriundo da cidade de Videira (SC), Gentil Favero Forlin foi chegou em Novo Horizonte no início da década de 1950 e permaneceu até 1990.

Liderou, do início até a finalização, a construção da Capela Nossa Senhora de Salette, ocupando, inclusive, diversas funções na diretoria, como vice-presidente e secretário, além de fazer ofertas generosas para a construção do templo.

Da mesma forma, doou vários imóveis para a implantação de estruturas de serviços públicos.

Além disso, foi subprefeito de Novo Horizonte de 1970 a 1975 e, como agricultor, participou da fundação da Copagril, cooperativa da qual integrou o Conselho de Administração.

Gentil Favero Forlin foi casado durante 60 anos com Maria Fiorlin. O casal teve sete filhos: Ivori, Erli, Onori, Leonir (in memorian), Maria, Irineu (in memorian) e Arlete Fátima.

O pioneiro faleceu em 10 de julho de 2015, aos 84 anos.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA