Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Pohl sugere construção de ginásio de esportes no bairro Higienópolis

Pohl sugere construção de ginásio de esportes no bairro Higienópolis

por Cristiano Marlon Viteck publicado 12/11/2019 10h55, última modificação 12/11/2019 10h52
Também pede informações sobre atendimento da Saúde
Pohl sugere construção de ginásio de esportes no bairro Higienópolis

Ronaldo Pohl

 

Por meio de indicação apresentada na sessão desta segunda-feira (11), o vereador Ronaldo Pohl propõe à Prefeitura de Marechal Cândido Rondon que construa um ginásio de esportes no bairro Higienópolis, que atenderá ainda os moradores dos bairros São Mateus, Cipreste, Paraíso, Primavera e Augusto I e II.

As obras nas áreas do esporte, lazer e bem-estar social são um dever do poder público. São investimentos que contribuem para a qualidade de vida dos cidadãos e para segurança pública, visto que proporcionam uma alternativa de lazer digna e saudável a todos os cidadãos”, completa.

Em outra indicação, assinada em parceria com Adelar Neumann, Pohl sugere que a administração municipal melhore a Rua Bem-Te-Vi, no bairro São Francisco. Ele solicita a limpeza do passeio público, retirando toda a vegetação que impede a utilização do espaço, além de efetuar o plantio de grama. Segundo eles o estado atual dos passeios públicos favorece o surgimento de baratas, ratos, aranhas, entre outros insetos e animais que podem causar problemas à população.

Ainda em indicação, Pohl propõe à administração municipal que incentive os cidadãos a utilizarem sistemas de produção de energia alternativa conectados à rede elétrica. Como forma de impulsionar o uso desta nova tecnologia nas casas e empresas, o vereador defende que haja redução ou isenção do IPTU e da taxa de iluminação pública para aqueles cidadãos que produzem energia limpa e têm o referido sistema conectado à rede.

Já em requerimento, Pohl solicita informações da Prefeitura sobre o procedimento adotado para liberação de exames de raio-x, tomografia, ressonância e ultrassom para munícipes rondonenses. O vereador questiona, por exemplo: quantos médicos atuam neste serviço na rede pública municipal; se há algum médico responsável por validar estes pedidos de exames; em caso de invalidação, qual o procedimento que a municipalidade adota; e qual o tempo médio de espera para a realização destes exames.

Outro requerimento, também com pedido de informações à Prefeitura, é sobre a existência de cadastro para doadores de medula óssea, e se há planos para a instalação de um hemocentro no município.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA