Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Secretário Cristiano Metzner destaca as ações do Esporte na Câmara de Vereadores

Secretário Cristiano Metzner destaca as ações do Esporte na Câmara de Vereadores

por Cristiano Marlon Viteck publicado 20/11/2019 08h25, última modificação 20/11/2019 08h26
Promoção dos esportes é prevenção contra doenças
Secretário Cristiano Metzner destaca as ações do Esporte na Câmara de Vereadores

Cristiano Metzner (Suko)


O secretário de Esporte e Lazer de Marechal Rondon, Cristiano Metzner (Suko), fez uso da tribuna popular da Câmara de Vereadores, na noite de segunda-feira (18). Na oportunidade mencionou as principais ações desenvolvidas desde o início de 2017, além de outros temas.

Atualmente, o município incentiva a prática de dezenas de modalidades, que contribuem com a qualidade de vida de milhares de rondonenses. São elas: badminton, basquetebol, bocha, bolão, dança marechal, futebol de campo, futsal, ginástica rítmica, ginástica funcional, handebol, judô, karatê, tênis de mesa e voleibol.

O secretário destacou os diversos profissionais de educação física que existem em Marechal Rondon para desenvolverem o cronograma de esportes, que se encontra no site do município, onde consta as modalidades existentes, como também, em quais locais e horários funcionam, e, por quem são coordenadas.

Metzner também lembrou que a administração pública ao incentivar a prática esportiva, faz um trabalho preventivo, já que os números da Organização Mundial da Saúde apontam o quanto é alto o número de pessoas sedentárias.

“Praticar algum tipo de atividade física, previne muitas doenças, afinal, o sedentarismo pode causar diversas doenças, como: cardíacas, acidente vascular cerebral, diabetes, câncer de mama e colo do útero, pressão alta, osteoporose, obesidade, doenças cardiovasculares, etc. Doenças estas, responsáveis por 71% das mortes no mundo”, explica.

“Esporte, recreação e lazer além de ser preventivo, de salvar vidas, tirar as crianças das ruas, muda a vida das pessoas”, apontou.

TV LEGISLATIVA
ACESSO À INFORMAÇÃO
TRANSPARÊNCIA